Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




quarta-feira, setembro 21, 2011

Legalização das drogas é inócua



Eu não entendo porque se fala tanto na legalização das drogas. Em termos práticos, elas já estão disseminadas em nossa sociedade. No entanto, não creio que a violência como subproduto seja totalmente eliminada porque as consequências de se usar drogas vão continuar existindo. Exemplo: que controle teríamos sobre os efeitos do uso do crack no sistema de trânsito? Há fiscalização e leis específicas suficientes para isso? Aqui no Brasil, o número de casos não solucionados e a morosidade da justiça para crimes envolvendo atropelamentos é tão algo que, na prática, há um verdadeiro incentivo à criminalidade neste sentido. O caso é que muitos desses delitos são claramente motivados pela ingestão indevida de álcool e o consumo de outras drogas nos finais de semana. E então, basta legalizar as drogas para termos paz e segurança? Claro que não! Isto é ingenuidade, se tal liberação do uso de drogas não vier acompanhada de um recrudescimento da repressão (e fiscalização) em outros momentos, como o pós-uso das drogas.

Cf.: México y Estados Unidos: la verdad sobre las drogas aquí y allá | AméricaEconomía - El sitio de los negocios globales de América Latina


...

Nenhum comentário:

Postar um comentário