Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




terça-feira, novembro 27, 2012

Tiro pela culatra: argumento cotista - I


Se o ministro tivesse dito isto... O que o ministro ignoraria é que com as cotas, provavelmente, não teríamos ninguém capaz de enfrentar quem ele próprio, Joaquim Barbosa, teria enfrentado. Ou seja, ele, sem sequer imaginar, estaria com este falho argumento, minando a própria meritocracia que o levou onde está.

quarta-feira, novembro 21, 2012

Alienação não tem cor ou porque consciência “negra ou branca” não tem sentido

SLAVE VILLAGES, AND LIFE IN LIMBO

Fonte: CNN.com


20 de novembro, Dia da Consciência Negra... Por que, ao invés de relembrar um herói que também foi escravagista, como Zumbi ou exigir “respeito”, como se lhe faltassem por causa de critérios raciais, o que os antiescravistas, os que exigem respeito e querem mesmo um mundo mais justo e não um mero teatro de ressentimentos deveriam fazer, seria protestar contra os redutos mundiais de escravidão.

terça-feira, novembro 20, 2012

A tática vaga do jornalismo desorganizado


Quem quiser perder seu precioso tempo, que leia isto: A tática de guerrilha do crime organizado | Brasilianas.Org. Este Luis Nassif é ridículo... Até parece que a polícia não lança mão de serviços de inteligência. Se o faz de modo suficiente, eficaz ou não, é outra questão que não aparecerá de hora para outra, sobretudo em matérias vagas e artigos insípidos, como o deste jornalista.

Daily chart: Rockets and ranges | The Economist

De 2008 para cá diminuíram as mortes de palestinos atingidos por força israelense na Faixa de Gaza, mas ainda são altas se comparadas aos danos infligidos aos israelenses pelos grupos palestinos, como o Hamas.


Fonte: The Economist
Cf.: Daily chart: Rockets and ranges | The Economist

segunda-feira, novembro 19, 2012

Ela é uma inútil


Neste texto: Socialista Morena » A volta do filho (de papai) pródigo ou a parábola do roqueiro burguês, uma comentarista, cujo blog se chama “Socialista Morena” critica o “endireitamento” de “roqueiros brasileiros”, como Lobão, Roger (do Ultraje à Rigor) e Leo Jaime. Como é comum neste tipo de análise, sempre se tenta enveredar para uma análise pretensamente científica do caso. Sabe... 

quarta-feira, novembro 14, 2012

LIBERALISMO NÃO É CONSERVADORISMO: ou porque eu não apoio o ARENA


Texto está irretocável! Excelente. 

Um porém a um dos comentadores... Caro "Mídia Católica", acho que entendeste mal: nós é que não precisamos do teu apoio para combater o PT ou qualquer outra agremiação estatizante. Basicamente, porque vocês não são tão diferentes entre si quanto pensam que são.

Cf.: LIBERALISMO NÃO É CONSERVADORISMO: ou porque eu não apoio o ARENA

Negacionismo do crime organizado - I




Engraçado que tanto governo, quanto setores ideológicos de esquerda e direita da sociedade teimam em negar a existência e efetividade do crime organizado. 

terça-feira, novembro 13, 2012

A inversão de valores e sofisma econômico dos protestos europeus

Bonito, não?
Greve Geral quem só espera nunca alcança - Expresso.pt
Tais protestos e greves visam a manutenção dos privilégios de castas de funcionários que recebem mais às custas daqueles que não são contemplados com o mesmo favoritismo. E também é uma questão da confederação européia que precisa ser resolvida, afinal, por que a Alemanha sozinha tem que ter a casa em ordem e sustentar estas classes em países, cujas economias apresentam-se em desordem?

Guerra civil brasileira


Neste excelente artigo, Guerra civil ou epidemia | Instituto Millenium, Paulo Brossard comenta os efeitos da onda de crimes que assola o país como o que é: uma guerra. E eu acrescentaria terrorismo. 
Enquanto covardes brincam com o vocabulário, o que se passa país é um ato de guerra. Para ele, socialistas apontam desculpas psicossociais e os libertários enxergam nas vítimas dos servidores de segurança, seus algozes imaginários. Tolos que se complementam e compartilham a mesma lente da ignorância. 
Ontem cidadãos de Florianópolis foram vítimas de uma onda de atentados na outrora pacífica cidade, cuja porção insular já recebera a alcunha de “ilha da magia”, que agora entra no panteão de nossos pesadelos urbanos. 

sexta-feira, novembro 09, 2012

Afinal há uma «super-Terra» a 42 anos luz - Dinheiro Vivo

Descobriram um planeta habitável, com condições similares às nossas na Terra, e apelidado de "Super-Terra", a 42 anos-luz daqui:
Afinal há uma «super-Terra» a 42 anos luz - Dinheiro Vivo
Não me admira se também criarem cotas para seus habitantes terem acesso como servidores públicos e estudantes de universidades aqui no Brasil...

quinta-feira, novembro 08, 2012

Demorou... Discussão sobre indisciplina na sala de aula


Seminário sobre indisciplina nas escolas [Indisciplina nas escolas será tema de um seminário em Curitiba - G1 Paraná - Bom Dia Paraná - Catálogo de Vídeos] vem em boa hora, mas a tirar pelo que diz o pedagogo Joe Garcia, não sei se será bem encaminhado. O que é “cultura tradicional demais nas escolas brasileiras”? Para mim, isto é um perfeito mito.

terça-feira, novembro 06, 2012

Strawbs-Down By The Sea(Live 1975)



Novo mundo, velhas referências




África na cabeça! América do Norte na Zona Inter-Tropical! E a Eurásia nas mesmas zonas... Se a posição da figura corresponder à orientação dos pontos colaterais, claro.

segunda-feira, novembro 05, 2012

Ato Falho - 1


Deputado José Guimarães e a regulação da "mídia" por acervoimplicante

"Judicialização da Just... da Política". Eh eh, o ato falho desse petista diz mais do que qualquer tese. O "erro" para quem completasse a frase é que a Justiça, enfim, é "judicializada" e não, politizada.

domingo, novembro 04, 2012

Como deturpar o que Weber disse

Vejamos:

"Como escreveu Weber, sob as condições de uma democracia de massa, a opinião pública é a conduta social nascida de sentimentos irracionais."
Ciencia, Politica e Religião: Como Max Weber teria analisado o julgamento do cha...: A aplicação de um arremedo de Justiça em alguns casos do “mensalão”, sobretudo nos de Dirceu e Genoínio, nos remete aos métodos dos antigos ...

Embora não seja um conceito weberiano, o Fato Social de Durkheim também explica isso. Normal, faz parte do comportamento de massa que haja "despersonalização", como em um estádio, show, linchamento etc. E, por isso mesmo, Weber (assim como Marx) antes de se notabilizarem como "sociólogos" para seus leitores contemporâneos eram, antes de tudo, profissionais do Direito. Ou, como chamam mais apropriadamente, Estudo das Leis. E é justamente em situações como o exemplo acima aludido que este campo do conhecimento, esta técnica de engenharia social existe. para regular e disciplinar a manifestação de sentimentos irracionais.