Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




segunda-feira, julho 08, 2013

O Globo: sofisma e notícia

O 'libertário' Snowden trabalhava na CIA e, de repente, caiu na real...
Fonte: blogs.telegraph.co.uk
Obrigado por revelarem esta matéria patética d'O Globo. Sobre a comparação entre "a vigilância americana e as práticas do regime militar no Brasil [ocorrer] em qualquer tempo e em qualquer lugar, mas '[p]rincipalmente em países como o Brasil, onde o ‘grampo’ já foi até política de Estado, na ditadura militar'”, os editores do jornal deveriam saber que o antigo SNI está aí readaptado e se chama ABIN. 

Já disseram que o nacionalismo é o último refúgio dos canalhas e, nada mais conveniente mesmo para ignorar nossos problemas do que chamar atenção para supostos inimigos externos, sempre espreitando e esperando por uma chance para nos roubar, dominar etc. Espionagem é prática banal entre estados e grandes empresas, qual o problema? Por acaso, cidadãos também não espionam, se têm a tecnologia para tanto ao seu alcance?

Agora me digam se este Snowden era um ingênuo, uma "virgem traída" que lá pelos seus 30 anos percebeu que fazia parte de uma conspiração mundial e se rebelou? Santa Ingenuidade, Batman! Como muitos de seus pares espiões, tudo depende da quantia que oferecerão. E pelo visto não foi tão bem cotado quanto Gérard Depardieu, quem conseguiu nacionalidade russa para escapar do fisco na França. Mas, lhe sobrou a "pátria bolivariana", celeiro retórico, já que seu governo não demonstra o mesmo respeito pela população venezuelana, como o faz com os "direitos humanos" de Snowden. Venezuela, campeã latino-americana em corrupção, também tem alta inflação e vertiginoso crescimento da violência. Lá, o ex-agente também será de grande utilidade desviando o foco dos problemas e centrando-os em inimigos do "Grande Satã". 

Por essas e outras que questiono a ideia de uma "mídia não opinativa". Todos nós opinamos, o certo, portanto, é que apresentemos explicitamente nossa opinião diferenciando-a do fato para não enganar o leitor. Isto prova quão tênue é a diferença entre setores privado e público nos dias atuais, o que expressa por aqui o jornal O Globo, o governo Maduro faz com maestria na Venezuela.
Cf.: O Globo se enrola na teia da espionagem americana - Opinião e Notícia

Nenhum comentário:

Postar um comentário