Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




terça-feira, maio 28, 2013

Bom dia, por mais este dia

Recém nascido é encontrado vivo em tubulação de esgoto. Fonte: dailytelegraph.com.au
 O vídeo abaixo pode não ser tolerado por quem for mais sensível, ou não quiser encarar a realidade. Um bebê recém nascido foi encontrado com vida em uma tubulação de esgoto na China. Com 2,3 kg, o bebê foi jogado dentro de uma privada e acabou entalado, provavelmente, em um cano de 100 mm. Seu chorinho atraiu atenção de vizinhos que chamaram o resgate. Os pais, ou seja lá quem for que tenha feito isto, que tenha tentado assassiná-lo está sendo procurado. Foi salvo e sofreu pequenos cortes no rosto.
       Antes de mais nada deixe-me dizer algo, por mais que explicações sociológicas procurem causas mais abrangentes, como a política de um filho único pressionar casais chineses para cometerem o infanticídio, isto não é desculpa; filhos gerados fora de casamentos também não são desculpa para serem assassinados; acusar o governo em última instância por este tipo de atrocidade não é desculpa.
             Sei que Pequim tenta evitar o pior, uma bomba demográfica chinesa que crescendo menos de 1% ao ano significam milhões de seres humanos acrescentados. Se subestimássemos os dados chineses, como algo em torno de 1,2 bilhão ao crescimento de 1% teríamos uma população de São Paulo (município) por ano. Sendo que a produtividade agrícola não aumenta na mesma medida e seu PIB tem desacelerado, um inferno malthusiano se avista no horizonte. Mas, a moral não é matemática. E uma esterilização se configura como solução ética para monstros. Não chorar sob o leite derramado não significa se eximir de propor políticas de prevenção, que deveriam ser adotadas por qualquer infame que ache que o sacrifício e dedicação de seus pais não seja uma obrigação. 
A matéria:
Newborn pulled alive from sewage pipe in block of flats | thetelegraph.com.au
O vídeo:
          O mundo se divide em quem presta e quem não vale o feijão que come ou, no caso, o arroz.

Nenhum comentário:

Postar um comentário