Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




terça-feira, agosto 02, 2016

Como manter a educação brasileira em constante atraso


PISA[1] 2012
Já não é de hoje que o Brasil vem mostrando um péssimo desempenho em seu setor educacional. Cabe lembrar que não se trata apenas do setor público, pois o baixíssimo desempenho no setor privado também reflete na avaliação geral. O que temos que fazer? Avaliar porque ainda temos algumas “ilhas de excelência” (algumas escolas privadas, outras públicas, como os Institutos Federais) e procurar seguir estes exemplos tanto quanto possível. Só que isto é bem diferente das generalizações pedagógicas absurdas que se faz para o território nacional, como o grande equívoco da Progressão Continuada, eufemismo para Aprovação Automática que simplesmente aprova quase todos, independente de seu desempenho. Em suma, nosso Ministério da Educação simplesmente boicota toda e qualquer medida meritocrática desde seu nascedouro.

Isto não pode continuar.

2 ago. 16

---------------------------

http://inter-ceptor.blogspot.com/
Fas est et ab hoste doceri – Ovídio
Se concorda, compartilhe.   


[1]O Programme for International Student Assessment (Pisa) - Programa Internacional de Avaliação de Estudantes - é uma iniciativa de avaliação comparada, aplicada a estudantes na faixa dos 15 anos, idade em que se pressupõe o término da escolaridade básica obrigatória na maioria dos países.
O programa é desenvolvido e coordenado pela Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE). Em cada país participante há uma coordenação nacional. No Brasil, o Pisa é coordenado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
Em 2015, a aplicação do Pisa será 100% por meio do computador, com foco em Ciências. Novas áreas do conhecimento entram nas avaliações: Competência Financeira e Resolução Colaborativa de Problemas. No Brasil, a realização do Pisa ocorre no mês de maio para estudantes selecionados de todos os estados. A avaliação vai envolver, aproximadamente, 33 mil estudantes nascidos no ano de 1999, matriculados a partir do 7º ano do Ensino Fundamental, distribuídos em 965 escolas. As informações contextuais serão coletadas por meio de três tipos de questionários: Questionário do Aluno, Questionário do Professor e Questionário da Escola.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário