Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




quinta-feira, outubro 20, 2016

A Revolução Cultural da Ocupação de Escolas


A manipulação de jovens é prática corrente em regimes autoritários que passam a implantar estratégias de controle social e solapamento de instituições. Se inicia por romper a ligação entre pais e filhos tornando estes "filhos" de "um pai protetor", a saber, a figura do ídolo, como foi com Mao Tsé-Tung na China comunista (imagem: brasil247.com).
  
Durante a Revolução Cultural na China, em meados da década de 60, MAO TSÉ-TUNG aplica um golpe dentro do próprio partido comunista, o PCCh para concentrar mais ainda o poder e afastar seus rivais de partido acusando-os de manter vícios e condutas capitalistas! Isto dentro do Partido Comunista Chinês! Pode isso Arnaldo?! Para fanáticos comunistas ao cubo pode... A foto abaixo é ilustrativa porque só se concebe e consegue tamanho poder e estupidez de uma forma na humanidade: MANIPULANDO JOVENS. E são estes jovens, mundo afora que são os que tomam medidas exasperadas sem nem medir suas consequências e pensar sobre suas justificativas.

Alguma semelhança com outro país???

Para quem quiser saber mais:

"A 16 de maio é criado um Grupo da Revolução Cultural no gabinete político do PCC, cujos alvos passam a ser 'os detentores do poder no seio do Partido que seguem uma via capitalista'. A 25 de maio, na Universidade de Pequim, surgem cartazes criticando o reitor. Nasce um movimento de crítica aos responsáveis escolares em escala nacional por parte dos alunos que passam a ser conhecidos como Guardas Vermelhos, encorajados por Mao. Vítimas de maus-tratos físicos ou psicológicos, dezenas de milhares de intelectuais morrem ou cometem suicídio. Dezenas de milhares de professores e dirigentes são vítimas de perseguições. A 5 de agosto, Mao publica o texto 'Fogo sobre o Quartel-General' que visa atingir o Presidente da República Liu Shao Shi, logo substituído por Lin Piao. Com o paroxismo do culto da personalidade, as rivalidades internas e o faccionismo grassam entre os Guardas Vermelhos."
Por: Cau Xishun, QQ (TENCENT), de Shenzen, China apud  brasil247.com 

Como se evita que cheguemos a este absurdo?

Com DEMOCRACIA DE VERDADE e essa só é plena com diálogo e LIBERDADE DE EXPRESSÃO, inclusive daqueles de quem discordamos. Portanto, quando alguém quer calar a voz do opositor, seja ele simpático ou não, de teu grupo ou instituição OU NÃO, fique alerta, pois aí reside um germe TOTALITÁRIO.

Um bom dia, pois às expensas de gente assim, ainda vivemos em uma SOCIEDADE ABERTA! E, caso alguém não saiba, é isso que é PLURALISMO.


Nenhum comentário:

Postar um comentário