Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




domingo, outubro 16, 2016

Sobre a data comemorativa dos profes...


Se o salário é baixo e justifica a má qualidade, se deduz que aumentando o mesmo, a qualidade aumenta. Então, analogamente, seria possível diminuir a corrupção policial aumentando os salários dos mesmos? Errado, quem é corrupto não deixa de ser e toma o aumento salarial até como um reforço positivo.
Eu trabalhei em S.Paulo, capital onde professores de geografia eram escassos e agora em Florianópolis onde sobram e vos digo, a qualidade é geralmente ruim porque a base de formação é, geralmente, a mesma, com poucas exceções. O que muda é o tipo de mercado que, sendo majoritariamente de escolas, a demanda não prima pela boa qualidade, embora isto seja subjetivo.
Quer aumentar o salário de professores? Eu sou um e gostaria de ganhar mais, mas a receita certa para o fracasso é aumentar em bloco (tal qual Macri o fez recentemente), pois isto não incentiva à melhoria individual, uma vez que o aumento não se deu por nenhum índice baseado em algum critério de produtividade. E mesmo no caso do serviço público é plenamente possível mensurar isto com avaliações periódicas (como o PISA, o IDEB) feitas, obviamente que externamente, com os alunos. Após sucessivos bons índices ou progressão, o salário sofreria mudança. E tanto para CIMA como para BAIXO.

Daí eu queria ver a educação não melhorar....

Nenhum comentário:

Postar um comentário