Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




segunda-feira, março 19, 2012

Mercado Comum de Influência Política

Cada vez que responsáveis políticos criam instituições perfeitamente inúteis, e que ainda duplicam o trabalho já feito por outras instituições existentes, mas reduzindo e limitando as novas a uma área geográfica específica -- neste caso o território da América do Sul, e o Mercosul -- eles estão, de fato e concretamente, gastando dinheiro duramente produzido pela população trabalhadora, e desintegrando o continente, que podia viver com o que existe -- a OPAS no caso da Saúde, o BID e a CAF no caso do financiamento, e dezenas de instituições de cuidam de "questões sociais" -- sem ter de gastar dinheiro com mais burocracia e mais prebendas para políticos e apaniguados.
Lamentável que isso ocorra, tudo em nome da integração, mas que vai atrasar ainda mais o continente...
Paulo Roberto de Almeida 
Diplomatizzando: Mercado Comum de Inutilidades do Sul: desintegrand...: Cada vez que responsáveis políticos criam instituições perfeitamente inúteis, e que ainda duplicam o trabalho já feito por outras instituiçõ...
Para mim, esta hipertrofia institucional tem, entre outras razões, o objetivo de lotear cargos e por vias indiretas, incitar o aparelhamento político de estados soberanos através de instituições supranacionais. Se a globalização é boa (e é), o caminho buscado por gente do naipe de um Requião não é o da flexibilização econômica e aumento da produtividade, outrossim o da burocratização que será, inevitavelmente, utilizada para fins político-partidários. Uma hegemonia na máquina pública contrária aos interesses individuais, bem entendido.

Nenhum comentário:

Postar um comentário