Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




quinta-feira, junho 02, 2016

Anarquistas e sua vocação para ovinos


Ah ah ah, quer dizer então que é uma comunidade 'anarquista' em que não se permite a defesa pessoal armada e o uso de drogas? Putz! Que deve ser uma bela localidade, tudo bem, mas anarquista por anarquista, o Texas e o Colorado, respectivamente, são mais (imagem: roadfortwo.com).

Putz! Quer dizer que uma vila localizada dentro da capital dinamarquesa[1] é exemplo de sistema anarquista operante? Colega, quem faz a defesa da comunidade, caso seja invadida por suecos bêbados (o que não é nada difícil...) após um jogo de futebol? Lá dentro pode até ser uma força miliciana, mas antes de chegar aos seus limites, lá estará a força repressiva de prontidão. Caso Putin queira peidar em cima da Europa em retaliação ao avanço da OTAN, quem tu acha que defenderá esta comunidade de hippies-cristãos? Fala sério... Se ao menos mencionasse um território livre, mas.... Ops! Onde existe isto? Coleguinha, procure ao sul, bem mais ao sul, na Antártida.
E veja, uma coisa é criticar tese, existem para todos os gostos:
-- "ah, isso não é o verdadeiro comunismo", diria um devoto de São Marx sobre a Coreia do Norte;
-- "ah, isso não é o verdadeiro capitalismo", diria um devoto de Ludwig von Mises sobre os EUA;
-- "ah, isso não é o verdadeiro ANARQUISMO", diria um... Olhe-se no espelho.
Assim sendo, vou esperar sentado pelo 'verdadeiro', mas ande rápido que vou partir desta terra bem antes de ti.
Amadureça garoto, não se discute política seriamente baseado em normas e princípios, tem que balizá-los com dados, fatos etc. E aí, a Somália é uma sociedade sem estado, assim como foram n-sociedades tribais (cf. CLASTRES, Pierre. A Sociedade Contra O Estado) e, portanto, anárquica. Só que... Ó, que descoberta (banal, diga-se de passagem), homens são animais e animais tem uma lei... Da Natureza, da Competição, da Luta, do Assassinato. Aí surge a associação que estendida resulta em formas mais ou menos opressivas.
O que podemos fazer? Resignarmos? Não. Podemos buscar sistemas menos opressivos, com repressão em último caso (violência generalizada) e focada ao agressor. Isto foi o melhor que já conseguimos. Podemos também desenvolver instituições e arranjos descentralizadores, desburocratizadores etc., mas imaginar um mundo de homens e mulheres que trabalham por consenso é ingenuidade. E são vocês, coleguinha, os ingênuos que se adestram espontaneamente para serem usurpados pelos tiranos, corruptos e déspotas. Cara, sinceramente, quero o melhor, mas meus sonhos não me fazem ignorar uma dose de ceticismo que serve, em última análise, PARA NÃO SER ENGANADO. E agora eu te pergunto, tu quer viver no melhor dos mundos possíveis ou te drogar com a ilusão mortífera que leva lemingues ao precipício? Como ovelhas para deleite de uma alcateia de ideólogos?


---------------------------
http://inter-ceptor.blogspot.com/
Fas est et ab hoste doceri – Ovídio
Se concorda, compartilhe.   




[1] Cf. Christiania, também conhecida como Cidade Livre de Christiania (em dinamarquês: Fristaden Christiania) é uma comunidade independente e autogestionada localizada na cidade de Copenhaga, Dinamarca, com cerca de 850 habitantes, cobrindo uma área de 34 hectares, no bairro de Christianshavn na capital dinamarquesa Copenhague (fonte: Wikipedia).

Nenhum comentário:

Postar um comentário