terça-feira, julho 26, 2011

Mídia Sem Máscara uma ova! É um caso de Mídia Sem Cérebro!


Não espero mais nada de aproveitável deste site mesmo...

(...) Breivik escreve em seu manifesto que ele não é religioso, tem dúvidas acerca da existência de Deus, não ora, mas afirma a supremacia da "cultura cristã" da Europa bem como sua própria cultura nórdica pagã.
Por outro lado, Breivik louva Charles Darwin, cujas teorias da evolução se opõem às afirmações da Bíblia, e afirma: "Quanto à Igreja e à ciência, é essencial que a ciência tenha uma prioridade indiscutível sobre os ensinos da Bíblia. A Europa sempre foi o berço da ciência, e deve sempre prosseguir desse jeito. Com relação ao meu relacionamento pessoal com Deus, imagino que não sou um homem excessivamente religioso. Sou em primeiro lugar um homem de lógica. Contudo, apoio uma Europa cristã monocultural".

Ou seja, para os patetas do Mídia Sem Máscara (MSM), o terrorismo precisa ter guarida ideológica, não se tratando de um ato essencialmente insano que ultrapassa todo e qualquer projeto político. Ora, se é político pressupõe uma forma de regularização dos conflitos sociais, não se pautando na mais pura barbárie, como foi o caso do atentado na Noruega. Eu posso discordar, p.ex., da maior parte dos caracteres políticos e sociais do chamado Islã, mas não vou negar que internamente, ele apresenta uma estrutura lógica própria. O que o norueguês Breivik fez foi negar o sistema social e político de seu país para seguir um atalho que criou para si. Dizer, como quer a esquerda, que ele era "um fanático religioso de direita" é tão descabido, já o disse aqui, quanto dizer que "todo muçulmano é por definição um adepto ou apoiador do terrorismo". Como se não bastassem essas duas visões complementarmente torpes, agora vem o MSM, site patologicamente paranóide dizer que isto se deve ao paganismo e ao darwinismo!

Aliás, MSM que traduziu um artigo de outro pasquim tendencioso até a medula, o World Net Daily (WND). Isto eles chamam de media watch, uma vigília sobre a mídia que, no caso, não passa de uma mentira alternativa. Cristão, direita, sionista, pagão, darwinista etc. Do que vão acusá-lo para entender que se trata de um doente psicopata sem remorso nenhum para o qual qualquer crença bastaria como justificativa para matar?
...           

Um comentário:

  1. Não sei como você ainda consegue ler isso...

    ...

    ResponderExcluir