Não Culpe o Capitalismo



Pessoal, eu,

Anselmo Heidrich, o Fernando Raphael Ferro de Lima e o Luis Lopes Diniz Filho,

administradores dos blogs


respectivamente, acabamos de lançar um libelo da GEOGRAFIA ANTI-MARXISTA, o 1º do país!

Prestigiem...

Compre o livro NÃO CULPE O CAPITALISMO nos links abaixo:




quarta-feira, julho 20, 2011

E todo comediante sem graça deveria tomar onde?


"Toda mulher que eu vejo na rua reclamando que foi estuprada é feia pra c. (... ) Tá reclamando do quê? Deveria dar graças a Deus. Isso pra você não foi um crime, e sim uma oportunidade."




Ok, então tu merece um processo pelo péssimo repertório piadista. Talvez o processo do qual é acusado seja descabido, não sei... Mas, se tivéssemos público com um mínimo de bom senso, a audiência de onde ele se apresente devesse cair. Mesmo que isto signifique sacrificar o conjunto do programa e canal de veiculação que participa. Sabe... Não é preciso ter mãe, irmã, mulher ou filha para saber que o 'comediante' superou a falta de equilíbrio sacramentando a canalhice total.

Acho que não deveria ser proibido de dizer as sandices que disse, apesar de completamente estúpido, porque esse tipo de cultura tem é que ser combatido em seu próprio âmbito, o da moral e da cultura. Este é o caso de um dos melhores filmes que vi a respeito, um verdadeiro thriller de ação e suspense em que saímos de alma lavada: I spit on your grave ("Doce Vingança") de 2010, sob direção de Steven R. Monroe é o caso. Sarah Butler interpreta uma jovem escritora que vai buscar inspiração em uma cabana retirada na área de rednecks, "lixo branco" como também são conhecidos nos EUA. Pelas figuras abaixo dá pra imaginar como ela se vinga daqueles que passam de 'piadas' a la Rafinha para algo mais...






...

Nenhum comentário:

Postar um comentário